SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   DP World lucrou mais no primeiro semestre

DP World lucrou mais no primeiro semestre


Fonte: ANBA (27 de agosto de 2019 )

A multinacional DP World anunciou nesta quinta-feira (22) seus resultados financeiros do primeiro semestre, com crescimento de 26,8% no lucro líquido e de 21,9% no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês).

 

“A DP World teve um crescimento de 22% no primeiro semestre de 2019 e lucro líquido de US$ 753 milhões. Esse forte desempenho financeiro ocorreu em um ambiente comercial incerto, mais uma vez destacando a força de nosso portfólio”, disse Ahmed Bin Sulayem, presidente e CEO do Grupo DP World, em nota da empresa.

 

Bin Sulayem creditou os bons resultados à estratégia da empresa de desenvolver novos produtos, serviços inovadores e gestão prudente. Bin Sulayem acrescentou que o desempenho da DP World, tendo como pano de fundo as desafiadoras condições econômicas globais, é um testemunho da resiliência da empresa, da sólida estratégia de crescimento e da diversificação de seu portfólio global de investimentos em mobilidade energética, marítima e sustentável.

 

Os investimentos da companhia em portos e terminais incluem dois novos ativos no Chile, no Canadá e a consolidação de ativos na Austrália. O investimento logístico e marítimo inclui a aquisição da plataforma logística pan-europeia da P&O Ferries e o operador logístico marítimo Topaz Marine & Energy.

 

A previsão de gastos para 2019 permanece inalterada em até US$ 1,4 bilhão, com investimentos planejados nos Emirados Árabes Unidos, Posorja (Equador), Berbera (Somalilândia), Sokhna (Egito) e London Gateway (Reino Unido). Posorja, o único porto de águas profundas do Equador, com capacidade de 750 mil TEU (unidade de vinte pés), foi inaugurado dentro do prazo e do orçamento.

 

“Nossos resultados financeiros semestrais estão alinhados com nossas expectativas”, disse Bin Sulayem. “Nosso balanço continua forte e continuamos a gerar altos níveis de fluxo de caixa, o que nos dá a capacidade de investir no crescimento de nosso portfólio atual. No futuro, pretendemos integrar nossas novas aquisições e entregar sinergias com o objetivo de fornecer soluções inteligentes de ponta a ponta, que melhorarão a qualidade de nossos ganhos e impulsionarão os retornos”, informou.

 

O CEO complementou dizendo que, embora as perspectivas comerciais de curto prazo permaneçam incertas, com disputas comerciais globais e geopolíticas regionais causando incerteza ao mercado de contêineres, o bom desempenho financeiro dos primeiros seis meses também deixa a DP World bem posicionada para entregar um resultado anual um pouco acima das expectativas do mercado.

 

A DP World tem operações em várias partes do mundo, inclusive em alguns países sul-americanos, como o Brasil, onde é dona de terminal no Porto de Santos (DP World Santos), e no Peru (foto acima).


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais