SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Exportação brasileira de frango pode crescer até 5% em 2019

Exportação brasileira de frango pode crescer até 5% em 2019


Fonte: ANBA (23 de agosto de 2019 )

São Paulo – As exportações de carne de frango devem crescer em até 5% em 2019. A previsão é da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e foi divulgada nesta quarta-feira (21). A expectativa da entidade é que os embarques cheguem a 4,3 milhões de toneladas, volume 4% a 5% superior ao que foi comercializado em 2018. Já para a produção, espera-se crescimento de 1%, passando de 12,8 milhões de toneladas em 2018 para 13 milhões de toneladas em 2019.

 

A projeção ocorre após os primeiros sete meses de 2019 apresentarem forte retomada nas exportações. As exportações de janeiro a julho subiram 5,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, chegando a 2,34 milhões de toneladas. A receita cambial gerada foi de US$ 4 bilhões, um aumento de 10,8% sobre os sete primeiros meses de 2018.

 

Para a Arábia Saudita, segundo maior comprador de carne de frango no Brasil, as exportações nos sete primeiros meses deste ano cresceram 5%. O volume embarcado somou 280 mil toneladas. Houve aumento também nos embarques para os outros principais destinos árabes. O crescimento foi de 20% para os Emirados Árabes Unidos, chegando a 216 mil toneladas. No caso do Kuwait, o volume avançou 4%, para 66 mil toneladas; e, para o Iêmen, foram 61 mil toneladas, um acréscimo de 14%.

 

Considerando apenas o mês de julho, os embarques de carne de frango chegaram a 387,6 mil toneladas, um recuo de 16,4% em relação ao total de julho de 2018. No mesmo mês do ano passado foi embarcado o maior volume mensal já registrado pelos exportadores brasileiros de carne de frango. O saldo cambial de julho de 2019 teve queda de 6,4%, totalizando US$ 665,6 milhões.

 

Ovos

Os primeiros sete meses do ano apresentaram crescimento também na exportação de ovos. Foram embarcadas 5,89 mil toneladas, um aumento de 2,5% sobre o mesmo período de 2018. Já as receitas tiveram queda de 17,3%, resultando em 7,72 milhões de dólares.

 

A projeção da ABPA para a produção de ovos neste ano é de avanço de até 10%. A associação espera concluir 2019 com 49 bilhões de unidades produzidas. Os embarques também têm projeção de crescimento, de 3%, totalizando 12 mil toneladas.

 

Genética avícola

Também nesta quarta-feira, o presidente da ABPA, Francisco Turra, e o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Sergio Segovia, assinaram novo convênio setorial para a promoção das exportações da avicultura. O novo projeto vigora até 2021.

 

Em parceria com a Apex, a ABPA vai lançar no dia 28 de agosto a “Brazilian Breeders”, marca internacional de genética avícola produzida no Brasil. O lançamento vai ocorrer durante o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs). O evento reunirá 100 palestrantes para discutir o futuro do setor de 26 a 29 de agosto, em São Paulo.

 

Segundo a ABPA, as exportações de genética avícola brasileira geraram receita de US$ 76,7 milhões em 2018, e as de ovos férteis somaram mais US$ 62,8 milhões. “O Brasil se consolidou como plataforma exportadora de genética avícola, um dos segmentos com maior valor agregado no agronegócio e como alternativa de backup das grandes casas genéticas globais. A nova estratégia de atuação, por meio da ‘Brazilian Breeders’, deverá ampliar este trabalho”, afirmou Turra em nota divulgada pela ABPA.


Mais lidas


Trabalhar no Porto de Santos é o sonho de muitos estudantes e profissionais. Oportunidades não faltam! Afinal, são várias empresas que atuam nos quase 8 milhões de m² do maior porto da América Latina.   Com toda essa estrutura, logística e evolução tecnológica, as empresas vêm exigindo cada vez mais profissionais altamente qualificados e capacitados. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais