SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   CEO da Bunge vê plano de otimização em vigor até meados de 2020

CEO da Bunge vê plano de otimização em vigor até meados de 2020


Fonte: Yahoo (21 de agosto de 2019 )

O diretor executivo da Bunge, Greg Heckman, espera que a gigante do agronegócio tenha a maioria de suas principais iniciativas de recuperação concluída até meados do próximo ano.

 

Desde que assumiu o comando em janeiro, Heckman reformulou a administração, centralizou as atividades comerciais e formou um empreendimento de biocombustível com a BP Plc. Na semana passada, ele anunciou planos de mudar a sede da Bunge para St. Louis, de White Plains, Nova York.

 

Em vez de uma mera medida de redução de custos, a mudança para St. Louis é um jogo de eficiência, dados os fortes laços agrícolas da cidade portuária do Missouri, disse Heckman em sua primeira entrevista como CEO da Bunge. É tudo parte de seu esforço para defender as margens em meio a políticas e mercados que mudam rapidamente.

 

“Se você não tomar uma decisão nesse setor, está tomando uma decisão”, disse ele por telefone. “A velocidade do que está acontecendo no mundo com colheitas que vêm várias vezes durante o ano e política externa e do governo e todas as coisas que você não pode controlar, você realmente tem que tomar decisões em torno das coisas que você pode.

 

Em fevereiro, quando Heckman expôs sua visão para a empresa, ele disse que queria otimizar o amplo portfólio da Bunge para focar em negócios onde pode “vencer”. Na entrevista de terça-feira, ele disse que os movimentos não são únicos e estão feita com o objetivo de que a empresa execute de maneira mais simples e com mais transparência no futuro. Isso deve impulsionar o desempenho e o valor para o acionista.

 

Heckman foi contratado pela firma de 201 anos como parte de um acordo com os investidores ativistas DE Shaw e Continental Grain, depois que retornos e valorizações cada vez menores atraíram o interesse dos rivais Archer-Daniels-Midland e Glencore Plc.

 

A Bunge superou as estimativas de lucro nos últimos dois trimestres e suas ações superaram as da ADM este ano. Mas Heckman continua navegando em um ambiente difícil. Durante o ano passado, o comércio e as interrupções climáticas trouxeram mais incerteza aos mercados de safras com excesso de oferta.

 

“A situação do comércio EUA-China, não está claro como isso vai se desenrolar”, disse ele, reiterando a visão da empresa de que os resultados do segundo semestre serão ponderados em relação ao quarto trimestre. “Então você adiciona em cima disso alguns dos distúrbios realmente globais em torno do desenvolvimento de mercados e moeda”.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais