SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Modelos de Governança de Portos Australianos

Modelos de Governança de Portos Australianos


Fonte: CODESA (20 de agosto de 2019 )

A busca das melhores práticas para a gestão portuária é o objetivo da visita de uma comitiva brasileira aos portos da Austrália. Com participação de dirigentes da CODESA e das docas de São Paulo, capitaneada pelo secretário Nacional de Portos, Diogo Piloni, a visita tem início nesta segunda-feira (19) e termina na sexta-feira (23). O grupo irá conhecer os modelos de gestão dos portos em Botany, Brisbane e Melbourne.

 

benchmarking de governança dos portos australianos visa identificar as peculiaridades dos modelos de gestão, cujos aspectos na Austrália resultam das recentes alterações dos normativos legais do setor portuário e pelos processos de privatização implantados. Além de reuniões sobre a gestão, também serão contempladas visitas aos terminais e conhecimentos dos programas de tecnologia aplicada às operações e dos projetos de formação de mão de obra.

 

Além do secretário Nacional de Portos, a comitiva é composta pelo presidente da CODESA, Julio Castiglioni, diretor Bruno Fardin, coordenadora de Marketing do Porto de Vitória, Raquel Guimarães e o conselheiro Daniel Rodrigues Audigueri. O diretor do Porto de Santos, Danilo de Morais Veras e o gerente de Regulação Gabriel Rapoport Furtado também integram o grupo.

 

Programação

A agenda, nesta segunda-feira (19), começa com visita à Autoridade Portuária de New South Waes, no Porto de Botany, em Sydney. Na programação, tour pela área marítima do porto e visita técnica à central do sistema de controle de segurança da navegação, terminais automatizados e de cruzeiros, acompanhados pelo General Manager, Commercial and Trade, Jason McGregor.

 

Na terça-feira (20), o grupo se desloca para Brisbane, onde também percorrerá a área marítima e o antigo terminal de cruzeiros. Em seguida, conhecerá a área operacional do Porto de Brisbane e o terminal privado, o PBPL, sendo recebido pelo CEO Roy Cummins.

 

Nos dias 22 e 23, a viagem será finalizada com passagem por Melbourne. No primeiro dia, as autoridades brasileiras farão um tour pelo centro educacional portuário do Porto de Melbourne, o PortEducation Centre (Port Ed). Na sequência, conhecerão o terminal privado PoM Group e farão uma visita marítima pela base portuária, seguida de reunião na área administrativa.

 

Na sexta-feira, 23, a comitiva participará de uma série de atividades, onde serão apresentados cases sobre os processos de gestão e exemplos de operações pós-privatização. Ainda está agendada uma visita ao centro de Controle de Operações, em Port Phillip Bay e visita ao Pier de Cruzeiros – Waterfront Place, Port Melbourne. No final de semana, o grupo retornará ao Brasil.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais