SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Porto de Xangai é o mais bem conectado do mundo em 2019, diz UNCTAD 

Porto de Xangai é o mais bem conectado do mundo em 2019, diz UNCTAD 


Fonte: Portos e Navios (13 de agosto de 2019 )

O porto de Shanghai, na China, é o mais bem conectado do mundo em 2019, mostrou ranking da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

 

O terminal chinês ganhou uma pontuação da conectividade de 134 pontos, seguido pelos de Cingapura (124,63 pontos), Busan (114,45 pontos), na Coreia do Sul e Ningbo (114,35 pontos), também na China.

 

“O desempenho de um porto de contêineres é um fator crítico que pode determinar os custos de transporte e, por extensão, a competitividade comercial”, disse a diretora de tecnologia e logística da UNCTAD, Shamika N. Sirimanne, em comunicado na quarta-feira.

 

Portos de contêineres eficientes e bem conectados, possibilitados por serviços de transporte marítimo frequentes e diretos, são vitais para minimizar os custos comerciais e fomentar o desenvolvimento sustentável, informou ela.

 

Além dos asiáticos, outros portos da lista são os de Antuérpia (94 pontos), na Bélgica, e Roterdã (93 pontos), na Holanda.

 

Os investimentos por companhias marítimas podem atrair serviços adicionais, e o Pireus (Grécia), operado pela chinesa COSCO, por exemplo, tornou-se o porto mais bem conectado no Mediterrâneo em 2019, assinalou o documento.

 

Nenhum dos portos nos primeiros 20 da lista é da África, América Latina, América do Norte ou Austrália.

 

Segundo o comunicado, na África, tanto a geografia quanto as reformas portuárias emergiram como fatores críticos. Os países mais bem conectados na África são aqueles em suas extremidades – Marrocos (noroeste), Egito (nordeste) e a África do Sul (sul).

 

O índice, que mede a conectividade de transporte marítimo, escalas em portos e prazo de entrega nos portos de contêineres do mundo, é estabelecido em 100 para o porto mais bem conectado em 2006, que foi Hong Kong, na China.

 

O conjunto de dados do Índice de Conectividade de Transporte Marítimo de portos da UNCTAD permite que empresas e governos determinem tendências de transporte marítimo e as posições de seus portos comparados com outros. Atualmente, fornece dados em mais de 900 portos.

 

Esses mais recentes conjuntos de dados complementam outras estatísticas e indicadores marítimos fornecidos pela UNCTAD para medir a realização das Metas de Desenvolvimento Sustentável.


Mais lidas


Trabalhar no Porto de Santos é o sonho de muitos estudantes e profissionais. Oportunidades não faltam! Afinal, são várias empresas que atuam nos quase 8 milhões de m² do maior porto da América Latina.   Com toda essa estrutura, logística e evolução tecnológica, as empresas vêm exigindo cada vez mais profissionais altamente qualificados e capacitados. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais