SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Governo arrecada R$ 148 milhões com leilão de 3 áreas portuárias

Governo arrecada R$ 148 milhões com leilão de 3 áreas portuárias


Fonte: G1 (13 de agosto de 2019 )
Três áreas portuárias – duas em Santos e uma em Paranaguá – foram leiloadas nesta terça-feira — Foto: Sérgio Furtado/Divulgação/Ministério da Infraestrutura

O governo federal atraiu interessados para os 3 terminais portuários oferecidos em leilão realizado nesta terça-feira (13) na B3, em São Paulo. Os lances vencedores somaram R$ 148,5 milhões em valor de outorga.

 

Desse total, R$ 37,125 milhões serão pagos à vista, na assinatura do contrato, que deve ocorrer em até 120 dias. O restante será pago em 5 parcelas anuais, segundo o Ministério da Infraestrutura.

 

Foram leiloadas duas áreas no Porto Santos, em São Paulo, e uma área no Porto de Paranaguá, no Paraná. Os terminais em Santos são destinadas à movimentação de graneis líquidos combustíveis (STS13A), e fertilizantes e sal (STS20). No Porto de Paranaguá, a área que será arrendada é destinada à movimentação de carga geral, especialmente papel e celulose.

 

Os 3 terminais fazem parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal. A previsão de investimentos é de cerca de R$ 420 milhões durante os 25 anos de arrendamento.

 

Pelas regras, arremataram as áreas as empresas e/ou consórcios que ofereceram o maior valor de outorga.

 

CLIQUE AQUI

 

Veja abaixo os vencedores de cada uma das áreas leiloadas:

Terminal STS20 – Porto de Santos

Vencedor: Consórcio Hidrovias do Brasil Holding Norte
Lance: R$ 112,5 milhões
Prazo de concessão: 25 anos
Previsão de investimentos: R$ 219,3 milhões

 

Terminal STS13A – Porto de Santos
Vencedor: ABA Infraestrutura e Logística S.A
Lance: R$ 35 milhões
Prazo de concessão: 25 anos
Previsão de investimentos: R$ 110,7 milhões

 

Terminal PAR01 – Porto de Paranaguá
Vencedor: Klabin S.A
Lance: R$ 1 milhão
Prazo de concessão: 25 anos
Previsão de investimentos: R$ 87 milhões

 

Programa de concessões e privatizações
Este é o 3º leilão realizado no setor portuário no ano. Em abril, o governo federal arrecadou R$ 447,9 milhões com a outorga de 6 terminais portuários no Pará. Em março, foram levantados R$ 219,5 milhões com o arrendamento de 4 áreas portuárias na Paraíba e 1 no Espírito Santo.

 

Com o leilão desta terça, já foram entregues pelo PPI 27 projetos em quatro setores: portos (13), aeroportos (12), ferrovias (1) e energia (1).

 

A carteira atual de projetos inclui cerca de 100 empreendimentos na áreas de transportes, energia. óleo e gás, mineração, incluindo a privatização de estatais como Eletrobras e Casa da Moeda, com previsão de R$ 180,22 bilhões em investimentos até 2022.


Mais lidas


  Na última sexta-feira (08) o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) recebeu, na sua sede, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Mario Povia.   Essa foi à primeira visita do secretário a entidade desde que assumiu a pasta, em maio deste ano, e […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais