SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Nevoeiro causa transtornos na travessia entre Santos e Guarujá nesta segunda-feira

Nevoeiro causa transtornos na travessia entre Santos e Guarujá nesta segunda-feira


Fonte: A Tribuna (12 de agosto de 2019 )
Travessia de barcas ficou paralisada devido a neblina, que prejudica a visibilidade (Danilo Santos/TV Tribuna)

Um forte nevoeiro gerou transtornos na travessia de balsas entre Santos e Guarujá, na manhã desta segunda-feira (12). O serviço chegou a ficar paralisado em diversos momentos. A partir das 7h40, as embarcações voltaram a operar, e o tempo de espera foi normalizado por volta das 9h.

 

Segundo a Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), responsável pelo serviço, cinco balsas estão em operação. O tempo de espera chegou a 30 minutos, em Guarujá.

Forte nevoeiro prejudica as condições na travessia entre Santos e Guarujá (Foto: Danilo Santos/TV Tribuna)

 

Já a travessia de barcas entre Santos e o Distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá, também parou por causa da neblina na manhã desta segunda. A paralisação começou por volta das 7h10 e o serviço foi normalizado por volta das 9h.

 

Segundo o Instituto Climatempo, a previsão para a manhã desta segunda era de névoa. O dia deve ser de sol com algumas nuvens.


Mais lidas


  Na última sexta-feira (08) o Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo (SOPESP) recebeu, na sua sede, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Mario Povia.   Essa foi à primeira visita do secretário a entidade desde que assumiu a pasta, em maio deste ano, e […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais