SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Júnior Bozzella pretende disputar Prefeitura de Santos

Júnior Bozzella pretende disputar Prefeitura de Santos


Fonte: A Tribuna (5 de agosto de 2019 )
Aliado do presidente Jair Bolsonaro na Câmara, Bozzella está disposto a deixar o cargo em Brasília (Foto: Irandy Ribas / AT)

O deputado federal Júnior Bozzella (PSL) se coloca no páreo para disputar as eleições municipais do próximo ano. O ex-vereador de São Vicente (2013-16) confirma interesse de mudar o domicílio eleitoral para Santos e, assim, tentar governar a maior cidade da Baixada Santista.

 

Aliado do presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados, o parlamentar está disposto a deixar o cargo em Brasília para participar da corrida nas urnas ao Palácio José Bonifácio, sede do Executivo santista.

 

A movimentação faz parte dos planos da legenda para se consolidar no cenário político nacional, tendo em vista a sucessão à Presidência da República em 2022. “Recebi essa missão (de ser pré-candidato à prefeitura de Santos). Fui eleito (deputado federal) com quase 80 mil votos pulverizados em diversas cidades. Tenho trabalhado para que o PSL cresça exponencialmente”, diz.

O parlamentar explica que a ideia é lançar nomes de projeção nas capitais e em cidades estratégicas nas eleições municipais, ampliando a penetração da agremiação. Tido como azarão na corrida eleitoral passada, o então partido nanico se tornou o segundo maior do País em número de parlamentares eleitos, a reboque do fenômeno Bolsonaro.

 

“Ano ímpar é para organizar as bases. A expectativa é termos candidatos fortes nas nove cidades da Baixada Santista. Vamos fazer uma seleção com crivo alinhado às ideologias partidárias para impulsionar o PSL”, afirma Bozzella. Outra aposta da legenda é lançar a deputada federal Joice Hasselmann à Prefeitura de São Paulo, maior colégio eleitoral do País.

 

A intenção partidária é lançar chapas puras, ou seja, prefeito e vice filiados ao PSL. Contudo, Bozzella não descarta coligações na disputa ao cargo majoritário com agremiações alinhadas “às pautas econômicas e ideologia partidária” dos pilares do social-liberalismo. “Vamos esperar até o ano que vem para ver como se comportará a movimentação política”.

 

Novas filiações

O parlamentar explica que, no próximo dia 17, haverá uma campanha de filiação para a legenda na região em busca de novos nomes, para compor as chapas à corrida eleitoral de 2020. Eventos dessa natureza ocorrerão de forma simultânea em outras regiões no País. Na mesma data, Bozzella pretende mudar seu domicílio eleitoral de São Vicente para Santos, tornando-se apto a disputar o Executivo santista.

 

As eleições municipais do ano que vem serão as primeiras com a validade da Emenda Constitucional 97/2017, que veda a celebração de coligações proporcionais para o legislativo. Com isso, cada agremiação partidária terá de indicar o quadro completo de seus candidatos, sem poder unificar chapa com outras legendas.

 

A Emenda Constitucional também determina cota mínima de 30% de mulheres filiadas para concorrer no pleito.

 

Bozzella afirma manter agenda parlamentar independentemente de ter ou não seu nome confirmado à corrida eleitoral municipal. “Estou à frente de comissões (na Câmara) importantes. Sou relator de mais de 20 processos na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e atuo para destravar pautas importantes para a região, como moradias e o Porto de Santos”, destaca.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais