SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Sadao defende mais linhas de ônibus integradas ao VLT

Sadao defende mais linhas de ônibus integradas ao VLT


Fonte: Câmara Municipal de Santos (31 de julho de 2019 )

Todos os dias, apenas 370 passageiros fazem a integração tarifária entre os ônibus de Santos e o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que liga a Cidade a São Vicente. A informação foi repassada ao vereador Sadao Nakai (PSDB) pela Companhia de Engenharia de Tráfego de Santos (CET-Santos). Na opinião do parlamentar, esse número é baixo demais.

 

Em reunião com a diretoria da CET-Santos, Sadao ouviu que a atual proposta de integração do VLT com os ônibus municipais é provisória. “Por enquanto, só opera a fase 1 do VLT. A Prefeitura fez a integração prevendo até 5 mil passageiros por dia. Tem apenas 370. A Administração acha que tudo bem. É preciso tomar decisões pensando nos cidadãos. Isso é só 7,4% da meta do contrato”, reclama.

 

Na opinião de Sadao, isso acontece porque atualmente apenas 10 linhas municipais estão integradas ao VLT. São elas: 7, 13, 20, 30, 40, 53, 77, 153, 154 e 155. “O total de passageiros que usufruem da tarifa integrada é muito baixo. São apenas 11.500 viagens por mês. O VLT é sinônimo de transporte rápido, pontual, moderno e ecológico. Deveríamos explorar mais esse sistema. Vou solicitar a ampliação da integração tarifária nas linhas municipais”, afirma.

 

Vereador fiscalizando

Com o objetivo de checar a integração do VLT com os ônibus municipais, Sadao identificou, por exemplo, que das 10 linhas, apenas o 30 chega na Ponta da Praia. Apesar disso, há ao menos outras oito linhas (4, 23, 29, 19, 42, 156, 191, 194) que permitiriam pegar o VLT em São Vicente, descer em uma estação de Santos, trocar para o modal ônibus e ir até a Ponta da Praia, ou outros bairros como Aparecida e Embaré.

 

Para Sadao, está claro que, se a Prefeitura ampliasse a integração, aumentaria essa demanda. “Lá atrás, a Prefeitura e o Estado sinalizaram a intenção de levar o VLT até a Ponta da Praia. No entanto, não se sabe quando seria realizada esta obra. Enquanto não acontece essa alternativa, a integração seria uma maneira de dar mais mobilidade urbana à população”, pontua.

 

Hoje em dia, a tarifa do VLT é de R$ 4,40 e a do ônibus municipal, R$ 4,30. “Sem a integração, para realizar o trajeto será necessário gastar R$ 8,70. Com a integração, o valor ficaria R$ 4,00 mais barato. É um benefício que a população de uma maneira geral receberia bem”, cita Sadao.

 

Conheça as linhas e as estações de integração

Estação Nossa Senhora de Lourdes
Linhas 7, 30, 40, 53

Estação Pinheiro Machado
Linhas 7, 30, 40, 53, 77

Estação Bernardino de Campos
Linhas 13, 30, 153

Estação Ana Costa
Linhas 20, 30, 154, 155

Estação Washington Luís
Linhas 30, 53

Estação Conselheiro Nébias
Linhas 7, 13, 30, 40, 77, 154, 155

 

Assessoria de Imprensa do Vereador Sadao Nakai (PSDB)
Gustavo T. de Miranda
sadaonakai@camarasantos.sp.gov.br
imprensasadao@gmail.com
Telefones: (13) 97407-2070 / 3219-5126 – 3211-4100 (ramais 4290 / 4291 / 4292)


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais