SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Número de empregos em Cubatão aumenta e atinge todos os setores da economia

Número de empregos em Cubatão aumenta e atinge todos os setores da economia


Fonte: Sindaport (30 de julho de 2019 )
O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), de Cubatão, encaminhou, em junho e julho, para empresas locais, currículos de 2.338 trabalhadores, dos quais 1.365 foram aprovados nas entrevistas e testes realizados até agora e já estão contratados.
Do total de trabalhadores encaminhados, 1.796 foram em junho e 542 em julho, até o dia 25, e dos contratados, 1.117 em junho e 248 em julho.
Os números foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e compõem o relatório de situação de produção do PAT local. Ao comentá-los, o secretário municipal de Emprego e Desenvolvimento Sustentável (Semed), Marcos Espírito Santo, disse que eles revelam um crescimento significativo na oferta de empregos em Cubatão, a maior em toda a Baixada.
“Em junho, captamos no PAT 2.202 vagas e, em julho, 497, totalizando 2.699 novos empregos oferecidos pelas empresas, com prioridade de contratação para a mão de obra local”, explicou. Essa prioridade é estabelecida em acordo firmado entre a prefeitura (por meio da Semed); a Associação Comercial e Industrial (ACIC), o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e a Associação dos Desempregados de Cubatão.
Marcos Espírito Santo chamou a atenção para o fato de as ofertas de novos empregos não terem partido apenas do Polo Industrial, mas de outros setores da economia. “A construção civil, por exemplo, contratou mais trabalhadores e isso se deve, principalmente, às obras de urbanização viária contratadas pela prefeitura nos últimos meses”, disse.
Comércio e serviços também estão contribuindo com a oferta maior de empregos. Na manhã da última sexta-feira, 26, por exemplo, no setor de coleta de currículos do PAT havia oferta de quatro vagas para supervisores, quatro para promotores de vendas, uma para jardineiro, duas para ajudantes de cozinha, três para auxiliares de cozinha, uma para cozinheiro júnior e uma para cozinheiro sênior.
O presidente da Associação dos Desempregados de Cubatão, Ronaldo Araújo Queiroz, considera essa diversificação nas ofertas de mão de obra um efeito dominó. “À medida que os trabalhadores conseguem emprego no Polo Industrial, eles passam a gastar no comércio e, com isso, lojas, bares, restaurantes e outros setores também contratam mais gente para atender à demanda”, afirmou.
Paradas – O maior volume de vagas na área industrial decorre, principalmente, das chamadas paradas, serviços de manutenção preventiva ou restaurações de unidades industriais. A mais recente dessas paradas ocorreu na área da Refinaria Presidente Bernardes, da Petrobrás, e contratou cerca de duas mil pessoas.
O trabalho é temporário, mas tem sido uma oportunidade centenas de trabalhadores que, mesmo qualificados, estão tendo dificuldades para conseguir empregos fixos. É o caso, por exemplo, de Leandro Alves dos Santos, de 27 anos de idade, dos quais nove trabalhando como caldeireiro. Na última sexta-feira, ele estava deixando seu currículo no PAT, após trabalhar por 58 dias na mais recente parada da Refinaria. “Espero ser contratado o mais rápido possível e, assim, poder continuar sustentando minha família”, disse.

Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais