SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Porto do Pecém amplia rota de frutas com nova linha

Porto do Pecém amplia rota de frutas com nova linha


Fonte: Governo do Estado de Ceará (17 de julho de 2019 )

Os principais players (autoridade portuária, órgãos anuentes e intervenientes, armadores e despachantes aduaneiros) envolvidos no processo de exportação de frutas estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (16/07) no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) para discutir a operação das exportações da safra 2019/2020.

 

Neste ano, as exportações serão iniciadas a partir de 16 de agosto e devem prosseguir até fevereiro de 2020. Serão exportadas, pelo Porto do Pecém, frutas frescas. Principalmente o melão, produzido no Ceará e no Rio Grande do Norte; e a manga e a uva, produzidas no Vale do Rio São Francisco.

 

Além das tradicionais linhas para Estados Unidos e Norte da Europa, a partir da última semana de setembro uma nova linha da MSC – Mediterranean Shipping Company passa a operar saindo do Porto do Pecém em direção a portos localizados na Espanha e na Itália.

A linha direta para o mar mediterrâneo fará sua primeira escala em Valência (9 dias) e depois seguirá para Barcelona (11 dias); Genova (13 dias); Livorno (15 dias); e Gioia Tauro (16 dias). O novo serviço vai permitir ainda o transbordo (conexão) dos contêineres de frutas para portos de países no Oriente Médio.

 

O navio a ser utilizado na nova linha tem capacidade para transportar até 8.500 contêineres. E cada contêiner refrigerado pode acondicionar até 25 toneladas de frutas. Na safra 2018/2019, somente a MSC transportou dois mil contêineres de frutas a partir do Porto do Pecém.

 

“O Porto do Pecém é um porto que cumpre regras, é um porto que tem estrutura para receber nossos navios de grande porte. Reúne as principais vantagens que um porto moderno pode oferecer. Esperamos que nessa safra possamos, no mínimo, dobrar o volume embarcado em 2018”, disse Daniel Soares. gerente da MSC.

 

A exportação da safra das frutas vai coincidir, nesse ano, com a entrega de duas obras fundamentais para a ampliação da capacidade operacional do CIPP. Até o fim de setembro já deverão estar em pleno funcionamento, uma nova ponte de acesso ao Terminal de Múltiplo Uso e um novo berço de atracação para os navios.

 

“O berço 9 vai nos dar uma maior produtividade, principalmente pela possibilidade de atracação de dois navios ao mesmo tempo. Significa mais movimento, mais utilização dos nossos STS´s (equipamento de movimentação de contêineres)”, disse Marcelo Gurgel, executivo de Vendas da APM Terminals.

 

Além disso, para otimizar o processo de exportação durante a safra de frutas, foi firmado convênio para que o Complexo Industrial e Portuário do Pecém ceda, temporariamente, pessoal para atuar junto a equipe do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), no escritório localizado no Porto do Pecém.

 

“A nova rota para a Europa e Oriente Médio é mais um resultado do esforço que estamos fazendo, em meio a todos os investimentos, para tornar o Complexo Industrial e Portuário do Pecém cada vez mais atrativo para as empresas que acreditam que podemos nos transformar, transformar o Pecém no portão de entrada e saída das cargas da região Nordeste”, disse o CEO do CIPP, Danilo Serpa.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais