SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Nem só de plásticos morrem os animais marinhos

Nem só de plásticos morrem os animais marinhos


Fonte: Jornal da Economia do Mar (11 de julho de 2019 )

Cientistas da Universidade de Exeter examinaram estudos e publicações em redes sociais sobre tubarões e raias presas em lixo marinho e encontraram relatos de mais de mil animais marinhos emaranhados, à escala global.

 

Os cientistas acreditam, no entanto, que o número real seja maior, uma vez que a concentração de estudos recai sobre o plástico e em animais como baleias. E este estudo demonstra, como maior causa de morte, as artes de pesca, perdidas ou descartadas.

 

“Um exemplo do estudo é um tubarão com uma corda de pesca enrolada, com firmeza, à sua volta”, referiu Kristian Parton, do Centro de Ecologia e Conservação do Exeter’s Penryn Campus, em Cornwall. “O tubarão continuou claramente a crescer depois de ficar emaranhado, e por isso a corda – que estava coberta de cracas – cavou a sua pele danificando-lhe a espinha”.

 

Na revisão de artigos a equipa reuniu 557 tubarões e raias enredadas, abrangendo cerca de 34 espécies, nomeadamente no Atlântico, no Pacífico e no Índico. Já no Twitter, encontraram 74 relatos, envolvendo 559 tubarões e raias, de 26 espécies diferentes.

 

Pode concluir-se também que os animais marinhos cujo habitat é o mar alto ou que vivem mais no fundo do mar, ou as espécies que fazem maiores distâncias, ou aquelas cuja corpo tem a forma dos tubarões, correm maior risco de ser confrontadas com o problema das artes de pesca.

 

De forma a criar uma base de dados, os cientistas, em colaboração com o Shark Trust criaram um formulário on-line sobre emaranhamento destas espécies. Qualquer individuo que presenciei algo do género poderá preencher aqui.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais