SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Uso de drones faz parte dos impactos da indústria 4.0 no setor marítimo

Uso de drones faz parte dos impactos da indústria 4.0 no setor marítimo


Fonte: O Petroleo (10 de julho de 2019 )

Através dos novos avanços tecnológicos e recursos disponíveis por este meio com as novas ferramentas disponíveis, cada vez mais os drones vem tomando conta do setor marítimo, fazendo parte do impacto positivo que a industria 4.0 trouxe. Atualmente pode-se notar muito bem o agenciamento da industria 4.0 dentro do setor marítimo, a exemplo disso a  Wilhelmsen Ships Servicejuntamente com a  empresa global de aeronáutica Airbus lançaram em março deste ano um projeto piloto que testa a primeira entrega mundial de drones de terra a bordo em condições portuárias em tempo real no porto de Cingapura.

 

Esta industria que vem tomando conta do setor marítimo, a industria 4.0,  trata-se do aperfeiçoamento das máquinas e as novas tecnologias para automação e desenvolvimento de novas soluções para os serviços e a produção tradicionais, dentro destas novas tecnologias podemos encontrar uma infinidade de possibilidades como: Big Data, computação em nuvem, documentação eletrônica e drones.

 

“Algumas autoridades portuárias, que antes trabalhavam com 100% de seus processos em papel, eram muito burocráticas. Hoje, isso mudou e as rotinas foram otimizadas”, disse especialista a um portal de noticias. Alguns portos brasileiros já adotaram a pratica do PSP- Porto sem Papel, tornando diversos documentos dos portos que adotaram esta prática de papeis para documentos eletrônicos o Documento Único Virtual (DUV), o que gerou agilidade e economia.

 

Já o instrumento desta nova industria utilizada pela Wilhelmsen Ships Service juntamente com a Airbus pode acelerar as entregas de navios em até seis vezes, reduzindo os custos de entrega em até 90%, ou seja, as novas tecnologias não só ajudam na funcionalidade das atividades como na economia deste mercado.

 

“A entrega de peças essenciais, suprimentos médicos e dinheiro para o master através do barco de lançamento, é uma parte estabelecida do nosso portfólio de serviços de manejo, que fornecemos todos os dias, em portos de todo o mundo. A tecnologia moderna, como os sistemas de aeronaves não tripuladas, é apenas uma ferramenta nova, embora muito legal, com a qual podemos impulsionar nossa indústria para sempre e melhorar a forma como atendemos nossos clientes ”, acrescentou Johansen, vice-presidente da  Wilhelmsen Ships Agency.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais