SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Manganês e eucalipto voltam a ser exportados pelo Porto de Ilhéus

Manganês e eucalipto voltam a ser exportados pelo Porto de Ilhéus


Fonte: CODEBA (18 de junho de 2019 )
Foto: Ass CODEBA

Entre os meses de julho e agosto, o Porto de Ilhéus será responsável por exportar para Portugal e China, respectivamente, cerca de 50 mil toneladas de madeira, provenientes de Minas Gerais, e 30 mil toneladas de manganês extraídos na Bahia.As cargas, que estão sendo estocadas desde maio, no pátio do terminal marítimo, estavam sendo transportadas, nos últimos anos, por outros Portos. A retomada acontece depois que a Codeba permitiu a isenção da taxa de armazenamento de cargas em geral, por 60 dias, nas dependências do Porto.

 

“A Diretora Executiva, com intuito de incentivar a exportação de cargas provenientes de locais com 400 km de distância ou mais, permitiu que fossem fraqueados os pagamentos de armazenagem das navegações de longo curso, facilitando o que chamamos de “pulmão”, que é a criação de estoque para embarque”, explicou o gerente do Porto de Ilhéus, Sérgio Figueiredo.

 

Ainda de acordo com o gerente, os exportadores estão entusiasmados com a possibilidade da carga chegar mais rápido ao destino, já que a localização do Porto de Ilhéus é mais acessível dos produtores, do que os terminais que vinham sendo utilizados. “Eles elogiaram a infraestrutura do Porto, o bom estado de conservação dos bloquetes de concreto, as cercas e pinturas recentes”, afirmou Figueiredo.

 

Eucalipto

Há mais de 20 anos cargas de eucalipto não eram exportadas pelo Porto de Ilhéus. Porém, o retorno desse material ocorre com uma novidade desenvolvida pela empresa responsável por operar a madeira, a Intermarítima. Para facilitar o transporte, unidades de eucalipto estão sendo unidas por uma cinta, que facilita o içamento da carga até o navio, agilizando a operação e permitindo que a embarcação fique menos tempo atracada no Terminal.

 

Manganês

Extraído da cidade de Coribe, o manganês, que não passa pelo terminal de Ilhéus há 10 anos, estava sendo exportado pelo Porto de Barcarena, no Pará. Com a nova medida, ele será enviado para o Porto de Tianjin, na China, onde será encaminhado para siderúrgicas.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais