SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Capitania dos Portos de Sergipe promove passeio de barco a cadeirantes

Capitania dos Portos de Sergipe promove passeio de barco a cadeirantes


Fonte: Marinha do Brasil (12 de junho de 2019 )
Equipe da Capitania dos Portos de Sergipe
com participantes do projeto

A Capitania dos Portos de Sergipe (CPSE) realizou, no dia 29 de maio, a 5ª edição do projeto “Inclusão no Mar”, com cadeirantes atendidos pela Comissão Estadual de Mobilidade e Acessibilidade (CEMA). O evento contou com o apoio da Sociedade Amigos da Marinha em Sergipe, Sesi, “Pôr do Sol Turismo” e o “Estrelas do Mar”, este último, também cedeu as cadeiras anfíbias utilizadas.

 

Após a distribuição das camisetas alusivas ao evento, foi realizado um briefing de segurança pelo Capitão dos Portos de Sergipe, Capitão de Fragata Alessandro Pires Black Pereira, de como seria a dinâmica do passeio e das principais medidas de segurança para que ele transcorresse com segurança. Já a bordo do catamarã, os participantes tiveram uma aula de como usar o colete salva-vidas e a importância do meio ambiente aquático, ampliando a mentalidade marítima do grupo.

 

Com o desembarque na Praia do Viral, o grupo teve contato com o rio Vazza-Barris, em uma das mais importantes áreas turísticas de Aracaju. O acesso e deslocamento ocorreram utilizando quatro cadeiras anfíbias.

 

“Estamos contentes em participar desse evento de ampliação da mentalidade marítima por meio da iniciativa da Capitania dos Portos de Sergipe. Foi um passeio muito bonito e foi a primeira vez que andei de catamarã na companhia dos meus amigos deficientes cadeirantes. Só temos a agradecer a Deus por esta oportunidade. Faz seis anos que sou amputado e desde então, ainda não tinha tomado banho de rio nesta minha condição. Estamos satisfeitos, pois todos da Capitania que participaram do passeio foram muito educados e atenciosos. Somos muito gratos pela oportunidade de inclusão social”, pontuou José Leonel Ferreira, Presidente da CEMA.

 

CPSE realiza projeto com cadeirantes
Equipe da CPCE e participantes a bordo do catamarã

A ação tem como objetivo incentivar a acessibilidade e inclusão social, permitindo que pessoas com algum tipo de deficiência ou grupos com alguma dificuldade de utilização regular de embarcações tenham acesso ao lazer náutico, oferecendo aos envolvidos a experiência de participarem de um passeio de barco, além de fomentar a mentalidade marítima na localidade, destacando para os donos das embarcações de transporte e turístico náutico a importância da inclusão de todas as pessoas nos passeios.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais