SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Secretário de Desenvolvimento Econômico apresenta potencial da indústria naval do estado do Rio na Nor Shipping

Secretário de Desenvolvimento Econômico apresenta potencial da indústria naval do estado do Rio na Nor Shipping


Fonte: Portos e Navios (7 de junho de 2019 )

Ao representar o estado do Rio de Janeiro na Nor-Shipping, um dos principais eventos internacionais da indústria naval, realizado a cada dois anos em Oslo, na Noruega, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais, Lucas Tristão, apresentou o potencial do território fluminense para atrair novos investimentos da indústria naval internacional. Ele destacou a liderança nacional do Rio na produção de óleo e gás, as boas expectativas do mercado com os leilões programados do setor e a disponibilidade de portos e estaleiros no território fluminense.

 

Em discurso para uma plateia de armadores e executivos do setor, no seminário Brazil@nor-shipping, Lucas Tristão ressaltou que o Rio de Janeiro é um mercado de interesse mundial, possuindo o segundo maior PIB nacional, concentrando, atualmente, 197 bilhões de dólares:

 

– Na costa do Estado do Rio, estão 82% das reservas comprovadas brasileiras de hidrocarbonetos, ao longo das duas maiores bacias de petróleo do país. Em produção, ocupamos a 13ª posição global, concentrando quase ¾ da produção nacional de petróleo e mais da metade de gás natural. Todavia, nossa participação na matriz energética do país ainda é modesta, dado todo nosso potencial.

 

O secretário anunciou imediatas oportunidades do mercado de óleo e gás, lembrando que, nos próximos três anos, acontecerão três rodadas de leilão de partilha de produção do pré-sal, três outras rodadas de concessões de exploração, a negociação dos campos maduros da Bacia de Campos e o leilão do excedente da cessão onerosa da Petrobrás, que originarão investimentos de mais de 250 bilhões de dólares em aportes e 50 novas unidades produtivas.

 

– Em especial, a negociação dos campos maduros gerará infinitas oportunidades para o segmento naval no curto prazo – acrescentou.

 

Ao abordar os sete portos que o estado do Rio possui, o secretário Lucas Tristão destacou, pela qualidade de infraestrutura, o da Cidade do Rio de Janeiro, o do Açu e o de Itaguaí – o segundo maior em movimentação do Brasil e um dos mais extensos de toda a América Latina. Em relação aos seus estaleiros, o estado fomenta a vocação para que façam manutenção e reparos de navios. Ele revelou ainda as necessidades da estrutura naval a serviço da economia do estado.

 

– Estimamos que, apenas no Estado do Rio de Janeiro, nos próximos dez anos, necessitaremos contratar 24 sondas de perfuração, que, a seu turno, demandarão 48 novas embarcações de apoio, a fim de suprir a necessidade das 35 novos FPSOs (unidades flutuantes de produção, armazenamento e descarregamento de óleo) que, por sua vez, contratarão, no mínimo, 140 barcos de apoio – afirmou Tristão.

 

O secretário, que participa da Nor-Shipping com a subsecretária estadual de Óleo, Gás e Energia, Cristina Pinho, enfatizou que o papel do governo do estado tem sido oferecer um melhor ambiente de negócios e políticas públicas necessárias ao fortalecimento da indústria no território fluminense.

 

– Podemos citar ainda os leilões da Marinha do Brasil para a construção de embarcações da força de defesa nacional, em que participarão ativamente os estaleiros do Rio, bem como o processo de descomissionamento pelo qual passarão diversos poços de petróleo, e, claro, o ambiente perfeito para a pesquisa e desenvolvimento do gás natural como a nova matriz energética para o mercado marítimo – finalizou o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais do Rio de Janeiro.

 

Além da conferência, a Nor-Shipping reúne cerca de mil expositores de produtos, serviços e empresas da indústria naval e offshore e deve receber até amanhã cerca de 35 mil visitantes de mais de 75 países.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais