SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Esquadra Brasileira perderá dois navios-escolta em 2019: Niterói e Jaceguai

Esquadra Brasileira perderá dois navios-escolta em 2019: Niterói e Jaceguai


Fonte: Poder Naval (7 de junho de 2019 )
Fragata Niterói – F40. Foto: Alexandre Galante

O Comando da Esquadra e o Gabinete do Comandante da Marinha acertaram, para este ano, a baixa de dois navios-escolta cuja preservação, em termos de relação custo/benefício, já não se justifica.

 

No dia 28 deste mês, o novo chefe do Estado-Maior da Armada, almirante de esquadra Celso Luiz Nazareth, presidirá a cerimônia de Mostra de Desarmamento da fragata Niterói (F40) – navio que, na metade final dos anos de 1970, se tornou um ícone da renovação da velha Esquadra brasileira, de embarcações construídas à época da 2ª Guerra Mundial e herdadas das sobras da frota dos Estados Unidos.

 

Um pouco mais tarde – a 18 de setembro – será desativada a corveta Jaceguai (V31), da classe Inhaúma, que na década de 1990 representou uma tentativa da Marinha do Brasil (MB) de voltar a construir embarcações de superfície no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro.

 

O descomissionamento da Jaceguai divide opiniões na Esquadra, já que as Administrações Moura Neto e Leal Ferreira se dispuseram a investir para tentar recuperar o seu sistema de propulsão.

 

Corveta Jaceguai – V31

Exclusão – Segundo duas fontes militares deste blog, outras duas Niterói – a Constituição (F42) e a Liberal (F43) – se encontram em mau estado de conservação e, por isso, foram excluídas do programa de revitalização a que a classe será submetida.

 

Os navios a serem atualizados, de forma a que possam navegar até a metade final da próxima década (por volta do ano de 2028), são a União (F45), a Independência (F44) e a F41 Defensora (há vários anos em reparos).

 

De acordo com o que o Poder Naval pôde apurar, a MB também prepara, em sigilo, um exercício torpédico com o emprego do torpedo Mk.48, de origem americana, usado pela Força de Submarinos (ForSub).

 

O alvo, ao que tudo indica, será uma corveta da classe Inhaúma.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais