SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Mercado   /   Maersk e a DB Schenker colaboram para reduzir emissões de CO2

Maersk e a DB Schenker colaboram para reduzir emissões de CO2


Fonte: Jornal da Economia do Mar (3 de junho de 2019 )

Com vista a atingir as desejadas metas de redução de emissões de CO2, a DB Schenker e a Maersk uniram-se prevendo uma redução de 20% por contentor transportado entre 2014-2020. Essa meta foi atingida em 2018.

 

De momento, a Maersk pretende tornar os navios neutros em carbono comercialmente viáveis até 2030 e tem ideias para acelerar inovações e a adopção de novas tecnologias que auxiliarão no cumprimento das metas de sustentabilidade. Pela estratégia e programa de sustentabilidade da Maersk passam prioridades como a reciclagem de navios, o combate à perda de alimentos, a saúde, a segurança, a protecção do meio ambiente, os direitos humanos e de trabalhadores e o combate à corrupção.

 

“Já há 10 anos que estamos concentrados em melhorar a eficiência de combustível e reduzir a poluição, graças aos preços mais altos dos combustíveis e ao maior ênfase dado às questões de sustentabilidade de baixas emissões de carbono” referiu Mads Stensen, Conselheiro de Sustentabilidade da Maersk. Já a DB Schenker está a trabalhar de perto com empresas de transporte que desejam ser mais sustentáveis e, ao mesmo tempo, cumprir os novos regulamentos.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais