SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Inteligência Artificial ganha comércio exterior no Desembaraço Aduaneiro

Inteligência Artificial ganha comércio exterior no Desembaraço Aduaneiro


Fonte: Terra (30 de maio de 2019 )

Capaz de proporcionar vantagens em todos os segmentos, a Inteligência Artificial tem ganho também o comércio exterior. A cada dia mais presente nas corporações, os sistemas inteligentes são capazes de fazer uma detalhada análise de dados, otimizando o trabalho em diferentes setores, especialmente no Desembaraço Aduaneiro. Além de agilizar a entrada e a saída das mercadorias, os erros são minimizados, oferecendo um serviço mais eficaz. Proporcionar ao cliente a comodidade do acompanhamento instantâneo é outra vantagem possível a partir do investimento em tecnologia e em sistemas inteligentes.

 

Serviço essencial no comércio exterior, o Desembaraço Aduaneiro envolve uma série de trâmites burocráticos, mas obrigatórios, para a regularização de tudo o que é importado e exportado. Todas as análises têm como finalidade a confirmação dos devidos cálculos tributários e se a mercadoria corresponde ao que está descrito na documentação. Para toda liberação de entrada ou saída do território brasileiro, a Inteligência Artificial tem um papel muito importante, de tornar esses processos mais simples e ágeis. Distribuir melhor as atividades dos colaboradores da empresa é outra possibilidade, além de permitir que o cliente tenha acesso ao status em que sua carga está dentro do processo para ser liberada.

Por meio da Inteligência Artificial, muitos dos procedimentos podem ser realizados de maneira automatizada, trazendo mais rapidez, praticidade e principalmente redução de erros. Porém, isso exige investimento em inovação, ambição que tornou a Asia Shipping (AS) a maior integradora logística da América Latina. A empresa hoje posiciona-se como referência em serviços aduaneiros, atendendo toda e qualquer demanda de suas operações.

 

Giancarlo Targa, Diretor de Desembaraço Aduaneiro da AS, conta que a empresa está em processo de contratação de um sistema dotado de Inteligência Artificial. “No momento, a empresa está dando andamento à aquisição de uma plataforma que possa otimizar o trabalho já realizado a partir da tecnologia, justamente com o objetivo de aperfeiçoar o atendimento ao cliente”, afirma.

 

Uma das áreas da Inteligência Artificial que entende que os sistemas são capazes de aprender, identificar padrões e tomar decisões sem a necessidade de intervenção humana é o machine learning, ou aprendizado de máquina. Com esse método, é possível fazer uma análise de dados automatizada, além de permitir que computadores realizem tarefas previamente programadas. Da mesma forma que esse recurso vem transformando a realidade das empresas em diferentes segmentos, no comércio exterior não seria diferente. Esse pode ser um novo recurso para agilizar os inúmeros processos do Desembaraço Aduaneiro, indo ao encontro do desenvolvimento progressivo do mercado.

 

O aperfeiçoamento do método aponta para o quanto é necessário evoluir e trazer a tecnologia para dentro das empresas. Certificada em Compliance e Qualidade pelo ISO 9001 para a atividade de Desembaraço Aduaneiro, a AS envia também aos clientes modelos de controles de performance, os KPIs, com flexibilidade para desenvolver e divulgar mecanismos de medições customizados. “O investimento em Inteligência Artificial é a adaptação de um serviço necessário à realidade do mundo de hoje. Mais praticidade e rapidez para a conclusão dos processos significa um movimento maior e mais organizado da economia”, finaliza Targa.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais