SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Cabotagem tem alta de 39% no Porto de Imbituba

Cabotagem tem alta de 39% no Porto de Imbituba


Fonte: Informativo dos Portos (29 de maio de 2019 )

A cabotagem – navegação dentro do território brasileiro – cresceu 39% no SCPar Porto de Imbituba, de janeiro a abril deste ano. “Os principais motivos que levaram ao alcance desse indicador estão relacionados à confiança do mercado, aquecimento da economia brasileira, regulamentação dos fretes rodoviários e também ao reconhecimento nos serviços prestados pela arrendatária Santos Brasil, responsável pela movimentação de cargas conteinerizadas”, afirma o diretor-presidente do Porto de Imbituba, Jamazi Alfredo Ziegler.

 

“Além de reduzir o impacto ambiental com menos caminhões circulando pelas rodovias, o modal marítimo é extremamente interessante sob a perspectiva dos nossos clientes devido ao frete ser mais competitivo”, avalia Pablo Fonseca, gerente de operações do Porto de Imbituba.

 

De acordo com Ziegler, o crescimento na movimentação de contêineres usando a cabotagem deve se manter nos próximos meses em Santa Catarina. Além disso, ele reforça a satisfação com o aumento obtido e espera mantê-lo, contribuindo, de maneira significativa, com o desenvolvimento do estado. Para ele, o resultado positivo é um esforço conjunto de toda a comunidade portuária de Imbituba.

 

O Porto de Imbituba realizou, no início de maio, o embarque de cinco mil cabeças de gado destinadas ao Porto de Iskenderun, na costa mediterrânea da Turquia. A operação foi recorde em número de animais já exportados pelo terminal. A Agência Marítima Imbituba gerenciou o embarque e a empresa Simetria ficou responsável pela operação, que durou aproximadamente 13 horas. Os cinco mil animais foram comprados de cerca de 200 propriedades rurais, prestigiando pequenos produtores da região.

 

A Turquia é atualmente o país que mais importa bois vivos do Brasil, por motivos político-econômicos e também religiosos, uma vez que a população muçulmana segue regras específicas de alimentação, respeitando as tradições islâmicas. Servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa)e da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) realizam a fiscalização e certificação desse tipo de operação. O Porto de Imbituba é o único em Santa Catarina que opera a exportação de cargas vivas.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais