SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Na Fatec Indaiatuba, professor cria ‘Netflix’ do agronegócio

Na Fatec Indaiatuba, professor cria ‘Netflix’ do agronegócio


Fonte: Governo do Estado de São Paulo (21 de maio de 2019 )

Estudos mostram que o brasileiro consome cada vez mais vídeos na internet. A pesquisa Video Viewers, divulgada em 2018, apontou crescimento da audiência na web de 135% na comparação com 2014.

 

De olho nessa tendência, o professor Valter Castelhano de Oliveira, do curso superior tecnológico de Gestão de Serviços da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Indaiatuba, e quatro colegas do ramo do agronegócio criaram o Agriflix.

 

A plataforma foi apresentada na última Agrishow, realizada em Ribeirão Preto no final de abril, que contou com a participação de mais de mil estudantes e professores do Centro Paula Souza (CPS) e cerca de 150 mil visitantes. O nome não é coincidência e se inspira na Netflix, a plataforma de vídeos em streaming.

 

O modelo de funcionamento é semelhante: oferece ao usuário um catálogo variado de produções em vídeo, com uma única diferença: todo o material é sobre o universo agro. O conteúdo já está disponível na internet de forma gratuita.

 

“Nossa equipe faz a curadoria, agregando em um só lugar séries públicas e outros vídeos”, explica Oliveira. A ideia é que o conteúdo seja compartilhado pelos produtores e que apoiadores financeiros proporcionem a manutenção do site e da equipe, passo importante nesta etapa do desenvolvimento da plataforma.

 

Temas em destaque

Colheitas, maquinário, tecnologia no campo, agrobusiness e culturas agrícolas são alguns dos temas em destaque no Agroflix. Hoje há mais de 500 títulos hospedados. A ampliação vai depender dos dados de consumo dos usuários, direcionando as necessidades e preferências do público em um sistema, que os criadores pretendem que seja o mais colaborativo possível.

 

Além de reunir vídeos disponíveis no Youtube ou em canais públicos, como o da Embrapa, a plataforma está aberta à produção audiovisual de profissionais que queiram disponibilizar seu material.

 

“Na minha opinião, o mercado de trabalho do futuro será muito baseado no empreendedorismo e queria vivenciá-lo na prática”, diz Oliveira. Ele também acredita que o conhecimento adquirido com o Agriflix vai contribuir para a melhora do seu desempenho como educador.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais