SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Artesp realiza workshop do Prêmio Concessionária do Ano

Artesp realiza workshop do Prêmio Concessionária do Ano


Fonte: ARTESP (9 de maio de 2019 )

?Representantes das 21 concessionárias que fazem parte do Programa de Concessão Rodoviária do Estado de São Paulo lotaram o auditório da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) para apresentar e discutir as ações que levaram à conquista das seis categorias e do Prêmio Concessionária do Ano 2018.

 

A Autoban, concessionária que opera e administra 319,8 quilômetros de rodovias no Estado, foi a grande vencedora, conquistando o Prêmio Concessionária do Ano. Para o Gestor de Atendimento da CCR AutoBAn, Fabiano Adami, “a essência para conquistar o prêmio é prestar um serviço de qualidade, oferecendo fluidez, conforto, orientação e segurança no dia-a-dia dos usuários”. Essa foi a primeira vez que a concessionária conseguiu o prêmio principal, dado à concessionária que obteve o melhor desempenho considerando seis categorias: Relacionamento com a Sociedade; Segurança Rodoviária; Eficiência dos Serviços Operacionais; Melhorias nas Rodovias; Inovação e Escolha do Usuário. As empresas com melhor resultado em cada uma das categorias também foram premiadas.

 

Na categoria Escolha do Usuário, a vencedora, indicada com base na avaliação e percepção dos usuários sobre a qualidade da rodovia e os serviços prestados pela concessionária, foi a Renovias. Para o Analista de Comunicação da Renovias, Alexandre Moretto, “a integração e motivação da equipe é fundamental para uma boa qualidade do atendimento”. A concessionária já havia conquistado outra categoria, “Melhorias nas Rodovias”, três vezes em edições anteriores do prêmio.

 

Na categoria Relacionamento com a Sociedade o melhor desempenho foi da SPVias. Foram considerados parâmetros como interação com os usuários, ações socioambientais, acesso do usuário à Ouvidoria e o retorno às demandas encaminhadas ao setor. A analista de comunicação da SPVias, Rafaele Breves, explicou que, para conquistar o prêmio, “foram agregadas ações que já eram realizadas pela concessionária e que resultaram numa integração das diversas áreas da empresa, fortalecendo o que já existia”.

 

O troféu pelo melhor desempenho na categoria Eficiência dos Serviços Operacionais foi entregue para a concessionária ViaRondon. O sistema de arrecadação automático, os atendimentos pré-hospitalar, de socorro mecânico e guincho foram avaliados nessa categoria. Também foi considerada a qualidade dos equipamentos como call box (telefone de emergência), câmeras de vídeo ao longo das pistas e painéis de mensagem variáveis. Para Fabio Abritta, diretor de Operações da ViaRondon, “a concessionária conseguiu inovar no treinamento e entrosamento das equipes que resultaram em rapidez e agilidade na solução de problemas”.

 

A execução de obras dentro do cronograma previsto, de serviços de conservação, as condições do pavimento e cuidados com o meio ambiente são os indicadores que compõem a avaliação a categoria Melhorias nas Rodovias, que teve como vencedora a Renovias. De acordo com Francisco Coimbra, coordenador de Obras e Conservação da concessionária, “a mudança na forma de trabalhar com os prestadores de serviço de sinalização foi fundamental para essa conquista”.

 

A melhor colocada na categoria Segurança Rodoviária foi a Cart. Para chegar ao resultado foram considerados itens como: redução no número de mortes e feridos e qualidade na sinalização. Luiz Carlos Santos, gerente de Operações da Cart, afirma que “o prêmio é o reconhecimento na prestação de serviço e investimento e em tudo que a concessionária faz para dar ao usuário o conforto e a segurança para trafegar na rodovia”.

 

Foram avaliados na categoria Inovação projetos apresentados pelas concessionárias que trouxeram inovações para o sistema. Nesta categoria, a Concessionária Tamoios foi a vencedora. A concessionária apresentou o projeto sobre a implantação de rede Wi-Fi em 100% da rodovia, permitindo que o usuário possa escutar uma rádio dedicada ao longo do trajeto, além de possibilitar a comunicação com o CCO, para solicitar socorro ou informar eventuais problemas. Para o gerente de Engenharia da Concessionária Tamoios, Robinson Avila, “o prêmio Artesp é um grande incentivo para que a concessionária se esforce para oferecer um serviço de excelência”.

 

O prêmio Concessionária do Ano foi instituído há cinco anos pela ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) a fim de incentivar as concessionárias das rodovias estaduais a adotarem ações para tornar as estradas mais seguras, além de práticas para melhorar os serviços e o relacionamento com os usuários. O prêmio se refere a gestão das rodovias ao longo de 2018. O anúncio dos vencedores foi feito no dia 23 de maio, no Teatro Sérgio Cardoso, Centro de São Paulo.

 

Para chegar às diferentes premiações, técnicos da ARTESP elaboraram uma metodologia que leva em consideração 32 indicadores, entre eles a opinião dos usuários e segurança rodoviária. Para cada categoria há um sistema de indicadores que avaliaram a regularidade, eficiência e continuidade dos serviços prestados pelas concessionárias aos usuários. Os dados foram monitorados ao longo de 2018 pelo Centro de Controle de Informações (CCI) da ARTESP, além das fiscalizações e vistorias feitas em campo. O acompanhamento mensal dos indicadores foi feito por uma comissão composta por representantes das diretorias da Agência.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais