SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   CVT vai debater descentralização administrativa dos portos do Rio de Janeiro

CVT vai debater descentralização administrativa dos portos do Rio de Janeiro


Fonte: PSD Câmara (25 de abril de 2019 )
Deputado Wladimir Garotinho (RJ). Foto: Wladimir Garotinho

Os parlamentares da Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara, aprovaram o requerimento (28/2019) de autoria do deputado Wladimir Garotinho (RJ) que pede realização de audiência pública para discutir a descentralização administrativa dos portos do estado do Rio de Janeiro.

 

“Uma das propostas do presidente Bolsonaro é a descentralização dos portos para que os estados possam, inclusive, gerar mais receita para o executivo local. Hoje, toda administração dos portos do Rio é concentrada no Governo Federal. Por isso é importante esse debate no legislativo”, defendeu o parlamentar.

 

Atualmente, no Rio de janeiro existem seis portos: de Itaguaí, do Açú, de Angra dos Reis, do Forno, de Guaíba e de Niterói. Debates realizados na Câmara em 2017 apontaram o enfraquecimento das autoridades portuárias nos estados e municípios após sanção da Lei dos Portos (12.815/13).

 

Subcomissão das ferrovias

Ainda durante as discussões da pauta deliberativa da comissão, Wladimir Garotinho, foi favorável ao projeto, que propôs a criação da subcomissão Permanente das Ferrovias, Rodovias e Transporte Aéreo. A medida foi votada e aprovada durante a reunião.

 

“Meu estado é cortado por uma ferrovia inútil, que causa diversos transtorno no trânsito. Nós já tentamos utilizar essas estações ferroviárias abandonadas para o bem da comunidade, como foi na época que minha mãe, prefeita Rosinha,  tentou criar bibliotecas. Essa subcomissão vai ser importante para solucionar problemas urbanos como este”, disse Garotinho.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais