SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Eventos   /   Davi Alcolumbre recebe o comandante da Marinha

Davi Alcolumbre recebe o comandante da Marinha


Fonte: Senado (24 de abril de 2019 )
O presidente do Senado, senador Davi, Alcolumbre recebe o comandante da Marinha, Ilques Barbosa Júnior (ao centro). Participam da reunião o senador Luiz do Carmo (E) e outros militares da Marinha (D) Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, recebeu nesta terça-feira (23) o comandante da Marinha, almirante Ilques Barbosa Júnior. Eles trataram de assuntos relacionados à importância da Marinha no desenvolvimento nacional e sobre a instalação, em maio, da Frente Parlamentar Mista da Marinha Mercante. O grupo reunirá deputados e senadores que desejam contribuir com as atividades do setor náutico civil brasileiro.

 

Segundo o presidente do Senado, com a frente parlamentar, o Congresso Nacional reforçará sua contribuição para o desenvolvimento da Marinha brasileira. O comandante acrescentou que o grupo promoverá debates relativos a terminais, portos marítimos e aquaviários e hidrovias.

 

— As iniciativas exigem planejamento e políticas sólidas. Então a nossa presença aqui é contribuir, no que cabe à Marinha do Brasil, para o desenvolvimento nacional — afirmou o almirante.

 

Ilques Barbosa informou a Davi que está em fase de elaboração um estudo técnico para permitir o aumento do calado dos navios que aportam nos terminais do Amapá, por meio da lama fluida, técnica de navegabilidade.

 

— Cada centímetro a mais de calado para os navios significa maior quantidade de carga transportada — explicou.

 

O comandante também informou que a Marinha vai realizar um workshop sobre o tema, nos dias 18 e 19 de julho, em Macapá. Ele argumentou que a mudança nos navios interfere na segurança da navegação, salvaguarda da vida humana e prevenção ambiental. A questão também é importante para o desenvolvimento do Arco Norte brasileiro, que inclui todo o transporte do agronegócio da região, avaliou.

 

— Entre os muitos assuntos tratados com o presidente do Senado, [está] a importância da Marinha Mercante e todas as atividades correlatas, o que inclui o Porto de Macapá, área do Amapá, onde estamos estudando a programática da lama fluida, que pode permitir o aumento do calado dos navios que entram nos portos e terminais daquela região. Isso significa desenvolvimento, significa bem-estar para a nossa população — disse o comandante.

 

Calado é a altura da parte do casco do navio que permanece submersa. Barbosa informou que a Marinha está estudando a questão do ponto de vista técnico e científico e isso exige a participação do Poder Executivo e também da iniciativa privada.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais