SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Assinatura de outorga para Aeroporto Metropolitano deve ser realizada nesta terça-feira

Assinatura de outorga para Aeroporto Metropolitano deve ser realizada nesta terça-feira


Fonte: A Tribuna (15 de abril de 2019 )

Após muitas expectativas frustradas e decepções, o Aeroporto Civil Metropolitano, em Guarujá, finalmente deve se tornar realidade. A Prefeitura recebeu, na última sexta-feira (12), o convite do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, para assinatura do documento de outorga pelo qual dará anuência prévia à Administração Municipal conceder a área a ser destinada ao aeroporto, na Base Aérea de Santos.

 

O ato está agendado para a próxima terça-feira (16), às 12 horas, no gabinete do responsável pela pasta, em Brasília. Após esse passo, o chefe do Executivo, Válter Suman (PSB), poderá iniciar os trâmites internos para publicar o edital de licitação para adaptar o espaço a operações civis e fazer o gerenciamento do local, serviço que será concedido à iniciativa privada.

 

O Município espera lançar, até meados de maio, licitação para conceder o espaço à iniciativa privada. A expectativa da Administração é a de finalizar e publicar o edital de concorrência entre 15 e 30 dias após a publicação da outorga no Diário Oficial da União.

 

A empresa contratada terá a concessão e cuidará da operação e das obras para transformar uma área de 55 mil metros quadrados (m²) em aeródromo. Se tudo correr bem, a expectativa é que os primeiros voos comerciais na Cidade ocorram antes da próxima temporada de verão, com reforço no atendimento também para viajantes de cruzeiros marítimos em Santos.

 

Projeto

O Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá tem potencial para 1,3 milhão de passageiros até o último ano da concessão, que será de 30 anos. No primeiro ano, estima-se movimentação de 80 mil pessoas.

 

Outra estimativa municipal é de que os primeiros voos comerciais no futuro aeroporto ocorram antes da temporada de verão 2019-2020, com reforço no atendimento também para viajantes de cruzeiros marítimos em Santos.

 

Seu mercado principal será o embarque e desembarque de passageiros, atendendo a Baixada Santista, o Porto de Santos e o Polo Industrial de Cubatão, além das demandas de cruzeiros marítimos, negócios e pré-sal. A despesa estimada com o aeroporto é de R$ 70 milhões ao longo dos 30 anos de concessão.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais