SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Codesp deve providenciar estacionamento provisório para caminhões

Codesp deve providenciar estacionamento provisório para caminhões


Fonte: G1 (7 de março de 2019 )
Encontro reuniu prefeito de Santos (SP), diretor-presidente da Codesp e representantes dos caminhoneiros — Foto: Divulgação/Prefeitura de Santos

Uma reunião entre caminhoneiros, a Codesp e a Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, realizada nesta sexta-feira (1º), discutiu a questão da falta de estacionamento para caminhões no entorno do Porto de Santos. Durante o encontro, a Codesp se comprometeu a encontrar uma área provisória para ser utilizada como estacionamento em até 30 dias.

 

Na quarta-feira (20), um grupo de 40 caminhoneiros participou de uma manifestação que teve o objetivo de cobrar da administração municipal uma solução para o problema de estacionamento na Cidade. A Prefeitura de Santos desapropriou um terreno, localizado entre o Morro Ilhéu Alto e o Rio São Jorge, que era utilizado como estacionamento pela categoria e tinha capacidade para 150 caminhões.

 

O encontro, marcado após a manifestação, reuniu representantes do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira (Sindicam), o Prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) e o diretor-presidente da Codesp, Casemiro Tércio Carvalho, na sede da autoridade portuária.

 

Terreno desapropriado servia como estacionamento para caminhoneiros em Santos (SP) — Foto: Carlos Nogueira/Jornal A Tribuna de Santos

Na reunião, foi definido que a Codesp terá 30 dias para vistoriar áreas e encontrar um novo local para servir de estacionamento para os caminhoneiros. Enquanto isso, a Prefeitura de Santos tentará, junto ao poder judiciário, prorrogar o prazo para desocupação do terreno.

 

Segundo a prefeitura, há áreas da Secretaria de Patrimônio da União (SPU) que estão livres e que podem ser utilizadas temporariamente até a solução definitiva no Retão da Alemoa, espaço adequado para o estacionamento.

 

Terreno
Na última segunda-feira (18) foi feita a desapropriação de parte do terreno, que pertencia à empresa Repcon. E, o restante foi solicitado à SPU, já que era área de Marinha. O local será utilizado para a construção da ponte de ligação entre os bairros Bom Retiro e São Manoel, que ligará a Zona Noroeste à Rodovia Anchieta.

 

A empresa, que fará a obra da construção da ponte, já foi contratada. O terreno será utilizado também como pátio de vigas, durante as obras, por isso, a necessidade da desapropriação imediata. E, a outra parte será usada futuramente pela Cohab para a construção do conjunto habitacional denominado Prainha 2. O local servia como estacionamento para caminhões e suportava cerca de 150 veículos.


Mais lidas


Os dados divulgados pela Autoridade Portuária de Santos (APS), em seu balanço operacional de março, apontam um recorde histórico na movimentação de cargas. Foram mais de 15,16 milhões de toneladas que passaram pelos terminais do Porto de Santos, um crescimento de 10,4% comparado com a marca histórica anterior, conquistada em agosto de 2020.   O […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais