SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Nossa indústria requer cuidados

Nossa indústria requer cuidados


Fonte: D.C.I. Diário Comércio, Industria e Serviços (14 de fevereiro de 2019 )

A indústria brasileira continua patinando, ou melhor, andando para trás. Uma visão setorial indica que na passagem de 2017 para 2018, o número de segmentos industriais a perder o passo triplicou. Já aqueles que voltaram ao vermelho aumentaram 20%. É o que mostra o levantamento realizado pelo Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (IEDI), a partir dos dados do IBGE, com 93 segmentos da indústria de transformação.

 

Dentre os 50 segmentos com crescimento em 2018, 41 conseguiram resultado melhor do que o da indústria total, ou seja, menos da metade (44%) do total cresceu mais de 1,1% de janeiro a dezembro do ano passado. Em 2017, 45 segmentos (48%) avançaram mais do que o resultado geral do setor (2,5%).

 

Ainda de acordo com o IEDI, embora pouco mais da metade dos segmentos tenha ficado no azul em 2018, nem por isso se livrou da desaceleração. Dos 93 segmentos, 53 registraram resultado mais fraco do que aquele de 2017, ou seja, 57% do total. Esta proporção é mais do o triplo daquela verificada em 2017.

 

Outro dado é que 23 segmentos cresceram em 2017, voltaram para a faixa negativa em 2018. Dentre eles estão bens de capital (máquinas e equipamentos); bens de consumo duráveis (fogões, refrigeradores e máquinas de lavar e móveis); bens de consumo semi e não duráveis (calçados, confecção de vestuário, tecelagem, exceto malha); além de alguns intermediários (resinas e elastômeros, componentes eletrônicos e gases industriais, por exemplo).

 

Neste começo, o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) está enfrentando uma série de adversidades, e o pouco de energia disponível está sendo direcionada para a Reforma da Previdência. Exceto algumas declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a intenção de liberalizar mais a economia brasileira, nada se sabe sobre um projeto de política industrial para o Brasil.

 

Mais recentemente, o próprio Guedes reconheceu que uma abertura maior da economia brasileira – na contramão do resto do mundo – requer gradualismo. E, certamente, muita calma nesta hora será muito bem-vinda.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais