SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Operações   /   Conab prevê avanço de 2,8% da safra

Conab prevê avanço de 2,8% da safra


Fonte: Diário Comércio, Indústria & Serviços (13 de fevereiro de 2019 )
A quebra na safra da soja impactou a projeção total do País

 

A produção de grãos na temporada 2018/19 deve alcançar 234,1 milhões de toneladas, alta de 2,8% em relação ao ciclo passado. Os números fazem parte do quinto levantamento da safra de grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta terça-feira (12).

 

Em relação ao quarto levantamento da companhia, divulgado em janeiro, houve recuo de 1,34%, motivado por adversidades climáticas, sobretudo altas temperaturas e chuvas irregulares. A área plantada está prevista em 62,6 milhões de hectares, aumento de 1,5% em relação à safra 2017/18.

 

Ainda segundo a Conab, o ciclo de soja deve totalizar 115,34 milhões de toneladas, em um corte de 3% frente à previsão anterior. Trata-se da segunda redução feita pela companhia em suas estimativas desde os impactos do tempo quente e seco nos principais Estados produtores.

 

Para o milho verão, a produção também deve cair em relação a 2017/18, para 26,5 milhões de toneladas e área cultivada 1,2% menor. “Mas, se acrescida da segunda safra [de inverno], a produção total poderá alcançar 91,7 milhões de toneladas, 13,6% a mais que em 2017/18”, disse a Conab.

 

Perspectivas

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tambem divulgou ontem seu quarto levantamento para a safra atual. Segundo a entidade, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar 2019 com alta de 1,9% em relação ao ano passado.

 

A previsão é que o País produza 230,7 milhões de toneladas de grãos neste ano, 4,2 milhões a mais que em 2018.

 

Apesar da alta prevista, a estimativa é 1,2% inferior ao terceiro prognóstico, realizado em dezembro do ano passado, quando o IBGE estimou uma safra de 233,4 milhões de toneladas. O recuo na previsão foi provocado principalmente pela revisão da produção da soja.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais