SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Novas tecnologias   /   Administração do Porto de Santos passa a trabalhar em plataforma totalmente digital

Administração do Porto de Santos passa a trabalhar em plataforma totalmente digital


Fonte: Porto de Santos (31 de janeiro de 2019 )
Foto: Porto de Santos

A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), empresa estatal responsável pela administração da infraestrutura do Porto de Santos, não utiliza mais o papel em seus documentos. Desde o final do ano passado, está funcionando o Sistema Docas Digital (SDD), uma plataforma eletrônica que promoveu uma mudança de paradigma nos procedimentos internos da empresa.

 

Pelo sistema, tanto os novos processos, sejam internos ou externos, como aqueles em tramitação, estão sendo migrados para o novo sistema. Com isso, a movimentação de papéis entre os diversos setores da companhia vai ser eliminada, dando maior segurança ao trabalho.

 

Com o Docas Digital, a impressão de documentos foi abolida. Todos os processos ficam salvos em um banco de dados eletrônico que podem ser acessados pelos colaboradores da empresa. Com isso, o compartilhamento do trabalho e do conhecimento acontece em tempo real, proporcionando maior eficiência administrativa.

 

Para implantação do novo procedimento de trabalho, a Codesp promoveu treinamento com todos os seus colaboradores. Foram feitas palestras de esclarecimento e técnicos atendem as dúvidas dos usuários do sistema.

 

Com estas ferramentas de trabalho, a Codesp garante a preservação dos documentos, a organização do banco de dados e o controle das informações, trazendo ainda mais eficiência aos serviços prestados pelo Porto de Santos. “A Autoridade Portuária santista está na vanguarda na modernização de seus processos, garantindo as melhores práticas de gestão empresarial”, afirma o diretor de Operações Logísticas, Carlos Henrique de Oliveira Poço.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais