SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Operações   /   Santa Catarina continua habilitada a exportar carne de frango para Arábia Saudita

Santa Catarina continua habilitada a exportar carne de frango para Arábia Saudita


Fonte: Informativo dos Portos (24 de janeiro de 2019 )

Santa Catarina tem cinco plantas frigoríficas habilitadas a exportar carne de frango para Arábia Saudita. Esta semana, o serviço sanitário da Arábia Saudita divulgou a nova relação de estabelecimentos brasileiros autorizados a vender o produto para aquele país. Ao todo, são 25 empreendimentos do Brasil habilitados, cinco a menos do que em 2018.

 

A aprovação foi resultante de missão técnica da Arábia Saudita enviada ao Brasil em outubro de 2018. Na ocasião, foram visitados frigoríficos, fazendas e fábricas de ração em todo o país. Santa Catarina mantém cinco plantas habilitadas: Seara de Itaiópolis, BRF de Capinzal, Seara de Itapiranga, Seara de Ipumirim e BRF de Videira. Ainda não há informações sobre plantas catarinenses impedidas de exportar.

 

De acordo com o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Ricardo de Gouvêa, Santa Catarina foi o estado precursor nas exportações para a Arábia Saudita e tem uma forte tradição no fornecimento de carne de frango para o mundo árabe. “As suspensões possuem critérios técnicos e o país fará o possível para atender as exigências do serviço sanitário da Arábia Saudita. É importante lembrar que ainda não temos informações sobre plantas frigoríficas catarinenses impedidas de exportar”, destaca.

 

Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), a não-autorização das outras plantas frigoríficas, que estavam habilitadas até o ano passado, é explicada por critérios técnicos.  Planos de ação corretiva estão em implementação para a retomada das autorizações.

 

Exportações catarinenses para Arábia Saudita

A carne de frango é o principal produto da pauta de exportações catarinense. Em 2018 foram mais de 1 milhão de toneladas embarcadas para mais de 135 países – gerando receitas de $ 1,8 bilhão de dólares.

 

A Arábia Saudita foi o terceiro maior comprador da carne de frango produzida em Santa Catarina em 2018. O estado embarcou 113,7 mil toneladas do produto com destino ao mercado árabe, faturando mais de US$ 183,4 milhões, um aumento de 40% nas receitas em comparação com o ano anterior.  Santa Catarina é responsável por 23,37% de toda exportação brasileira de carne de frango para Arábia Saudita.

 

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, os 25 empreendimentos brasileiros habilitados a exportar carne de frango para Arábia Saudita já respondiam por 63% do volume embarcado com destino ao país.


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais