SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Operações   /   Porto de Imbituba bate recorde histórico de movimentação

Porto de Imbituba bate recorde histórico de movimentação


Fonte: Portos e Navios (21 de dezembro de 2018 )

O Porto de Imbituba ultrapassou em dezembro a marca de cinco milhões de toneladas movimentadas em 2018. O volume representa recorde histórico anual para o complexo portuário, que já registrava crescimento de 18% no acumulado de janeiro a novembro, se comparado ao mesmo período de 2017. Além disso, o porto celebra a conclusão de 2018 com três recordes operacionais mensais, em junho, agosto e setembro; e a expansão do portfólio de cargas.

 

Ao todo, 277 navios já passaram pelo porto este ano. Estados Unidos (EUA), Chile, China e Argentina são as principais origens das cargas de importação. Na exportação, China, EUA, Holanda e Rússia estão entre os destinos mais frequentes. As operações de coque, soja, contêineres e sal mantiveram a liderança das principais cargas que passaram por Imbituba. Entre elas, o crescimento mais expressivo foi na movimentação de sal (+47%) e, principalmente, de contêineres, que apresenta aumento de 81% no número de TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), ultrapassando os 75 mil TEU – volume histórico para o terminal. Os valores têm como base o acumulado de janeiro a novembro, comparado ao mesmo período de 2017.

 

Atendendo sua capacidade multipropósito, o Porto de Imbituba também ampliou seu portfólio de cargas em 2018. Pela 1ª vez a agroindústria de Santa Catarina exportou o arroz em casca a granel a partir dos portos do estado. A exportação inédita no Brasil de madeira de reflorestamento em navio break bulk também ocorreu a partir de Imbituba. Ainda, voltou a ser movimentado no complexo portuário o gado vivo (livestock), com o envio de três navios com destino à Turquia.

 

om os bons resultados que o porto tem alcançado, o diretor-presidente da SCPar Porto de Imbituba, estatal catarinense que administra o porto, Osny Souza Filho, prospecta um cenário positivo para 2019. “Nossa perspectiva é dar continuidade ao trabalho estratégico que tem sido feito para atrair novas cargas e novas linhas, com a constante modernização da infraestrutura portuária, cumprindo nossa missão como agente de desenvolvimento de Santa Catarina, em especial do sul do estado, para que o próximo ano seja ainda melhor”, destaca o gestor.


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais