SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Citrosuco e Scania iniciam testes com caminhão movido a gás natural em SP

Citrosuco e Scania iniciam testes com caminhão movido a gás natural em SP


Fonte: UOL (31 de outubro de 2018 )

A montadora Scania e a Citrosuco, uma das maiores produtoras de suco de laranja do mundo, anunciaram nesta terça-feira (30) uma parceria para demonstrar a viabilidade do uso de caminhões movidos a gás natural (GNV) e biometano no país.

 

A Citrosuco iniciará os testes na primeira quinzena de dezembro com uma carreta de 410 cavalos de potência, que circulará entre Matão, no interior de São Paulo, e o porto de Santos (SP), um trajeto de 380 quilômetros, para transporte de suco de laranja destinado à exportação. A avaliação do veículo, que já será da nova geração de caminhões da Scania, deverá durar um ano. O caminhão será operado pela Transportadora Morada do Sol, que presta serviços à Citrosuco.

 

O caminhão da Scania pode rodar com GNV, biometano ou com a mistura de ambos os combustíveis, mas não utiliza diesel. O abastecimento do veículo ficará a cargo da Gás Brasiliano, que utilizará inicialmente apenas GNV. De acordo com a Scania, o caminhão emite 85% menos gás carbônico (CO2) quando roda com biometano e 70% menos quando roda com GNV, em comparação a um veículo similar movido a diesel.

 

“O caminhão movido a GNV/biometano é uma opção viável ao diesel, que pode ser implementada em curto prazo e possibilita uma significante redução de custos com combustível”, declarou Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil.

 

Desde 2014, a Scania vem apresentando a operadores de frotas um modelo de ônibus urbano que utiliza um motor importado capaz de rodar com GNV, o gás natural veicular, e com biometano. Enquanto o GNV é proveniente do petróleo, uma fonte de energia não renovável, o biometano é considerado uma fonte renovável. Ele é produzido a partir de restos de matéria orgânica em aterros sanitários, estações de tratamento de esgoto, usinas de cana-de-açúcar, entre outros locais.

 

“A Citrosuco tem grande interesse pela inovação. Apoiamos ações que possam gerar um ganho ambiental, em primeiro lugar, e financeiro num segundo plano de importância. Vemos esta demonstração com chances reais de unir os dois temas”, disse Marcos Camillo, supervisor de Transporte e Designação da Citrosuco.


Mais lidas


  Estivemos presente na primeira Expo Retomada – Evento Teste Oficial autorizado pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura Municipal de Santos, para falarmos sobre a reabertura dos eventos.   Nosso Diretor-Executivo, Ricardo Molitzas participou no 3º Painel: “Novas oportunidades de gestão para o setor de eventos” ao lado da Sueli Martinez […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais