SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Infraestrutura e Investimentos   /   Marinha inaugura Grupamento de Patrulha Naval para intensificar ações no litoral de SP

Marinha inaugura Grupamento de Patrulha Naval para intensificar ações no litoral de SP


Fonte: G1 (6 de agosto de 2018 )
Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste (Foto: Divulgação/Marinha do Brasil)

A Marinha do Brasil, a partir desta segunda-feira (6), contará com uma nova equipe para intensificar as operações navais no litoral dos Estados de São Paulo e do Paraná, tendo como base o Porto de Santos. O Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste (ComGptPatNavSSE), Organização Militar (OM) será subordinado ao Comando do 8º Distrito Naval (Com8DN).

 

Segundo a Capitania dos Portos, dada a importância econômica e estratégica do Porto de Santos para o país, com o crescente aumento das atividades marítimas, notadamente o comércio exterior e a extração do petróleo em águas profundas na bacia petrolífera, a Marinha do Brasil resolveu trazer o novo comando para a realização das tarefas de operações navais.

 

A nova equipe fará patrulhamento naval, socorro e salvamento; defesa de porto ou área marítima restrita, incluídos os terminais e plataformas de exploração de petróleo na região do pré-sal já que essas atividades estão relacionadas à segurança da navegação e da vida humana no mar e a prevenção da poluição hídrica.

 

Marinha do Brasil, a partir desta segunda-feira (6), contará com uma nova equipe para intensificar as operações navais no litoral dos Estados de São Paulo e do Paraná, tendo como base o Porto de Santos. O Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste (ComGptPatNavSSE), Organização Militar (OM) será subordinado ao Comando do 8º Distrito Naval (Com8DN).

 

Segundo a Capitania dos Portos, dada a importância econômica e estratégica do Porto de Santos para o país, com o crescente aumento das atividades marítimas, notadamente o comércio exterior e a extração do petróleo em águas profundas na bacia petrolífera, a Marinha do Brasil resolveu trazer o novo comando para a realização das tarefas de operações navais.

 

A nova equipe fará patrulhamento naval, socorro e salvamento; defesa de porto ou área marítima restrita, incluídos os terminais e plataformas de exploração de petróleo na região do pré-sal já que essas atividades estão relacionadas à segurança da navegação e da vida humana no mar e a prevenção da poluição hídrica.

 

A nova equipe contará com as embarcações “Barracuda” e “Espadarte”, e um Navio-Patrulha Classe “Grajaú” que será transferido para Santos na segunda quinzena de outubro.

 

A cerimônia de ativação e posse do primeiro comandante do Comando, Capitão de Fragata Carlos Marden Soares Pereira da Silva, acontecerá nesta segunda-feira, no Cais da Marinha, Sede da Capitania dos Portos de São Paulo, no Porto de Santos.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais