SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Operações   /   Mercadorias ficam retidas no Porto de Santos por falta de caminhão

Mercadorias ficam retidas no Porto de Santos por falta de caminhão


Fonte: Notícias ao Minuto (29 de maio de 2018 )

O Porto de Santos tem 18 mil contêineres parados a espera de recolha para distribuição por caminhões. O Sindicato das Agências de Navegação Marítima estima que o prejuízo esteja na casa de R$ 370 milhões.

 

Segundo apurado pelo G1, a movimentação de mercadorias no principal porto brasileiro está em torno de 30%. De acordo com a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), as operações de carga e descarga de navios continuam sendo realizadas, mas não há retirada da carga pelas rodovias.

 

Relatos de princípio de lotação nos terminais começaram a circular logo no início da paralisação dos caminhoneiros, que já chega ao seu nono dia.


Mais lidas


O Covid-19 na Baixada Santista vem deixando uma alta taxa de ocupação de leitos na rede hospitalar na região. Atentos a isso e solidários a nossa população, vamos promover ações no Porto, para garantir cumprimento dos protocolos sanitários já definidos. Tudo isso através das competências da Santos Port Authority (SPA), do Sindicato dos Operadores Portuários […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais