SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Regulamentação   /   Antaq promoverá Audiência Pública para discutir novos procedimentos nas Reuniões Deliberativas

Antaq promoverá Audiência Pública para discutir novos procedimentos nas Reuniões Deliberativas


Fonte: ANTAQ (22 de maio de 2018 )

A ANTAQ aprovou proposta de revisão da Resolução nº 2.900/2013 que visa regulamentar os procedimentos gerais das reuniões deliberativas da Agência. A decisão tomada na última reunião, 17/05, será colocada, em breve, em audiência pública para debater as propostas de mudanças na norma.

 

Essa revisão normativa segue orientações do Tribunal de Contas da União (TCU) que recomendou à ANTAQ providências no sentido de franquear ainda mais o acesso por qualquer interessado às reuniões deliberativas da direção colegiada. A medida abraçada pela ANTAQ visa aprimorar a transparência sobre os processos decisórios deflagrados pela autarquia.

 

À época das orientações dadas pelo TCU, várias medidas foram implantadas como, por exemplo, a simplificação de confecção das Atas de reunião; a possibilidade de votação em bloco dos processos de pedido de reconsideração e de outras outorgas.

 

Para validar o processo de revisão da norma, a Procuradoria Federal junto à ANTAQ, ressaltou a importância do princípio da publicidade, em razão do incremento das modalidades de participação dos interessados. Como tais procedimentos impactam no exercício de direitos pelos agentes regulados e usuários de serviços de transportes é fundamental a realização de audiência pública para discutir as mudanças. Dentre as alterações previstas consta a concessão da palavra ao advogado por meio da implementação da sustentação oral nas reuniões deliberativas da ANTAQ.


Mais lidas


Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais