SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Mercado   /   Petróleo pode voltar a US$ 100 o barril em 2019, diz Bank of America

Petróleo pode voltar a US$ 100 o barril em 2019, diz Bank of America


Fonte: Portos e Navios (11 de maio de 2018 )

Os preços do petróleo podem subir para US$ 100 no ano que vem, nível não registrado desde 2014, devido à possibilidade de os riscos à oferta na Venezuela e no Irã pressionarem os mercados internacionais, segundo o Bank of America.

 

Os futuros do petróleo Brent, negociados em cerca de US$ 77nesta quinta-feira, deverão atingir a casa dos US$ 90 no segundo trimestre de 2019 devido ao encolhimento dos estoques internacionais, afirma o banco. Como essa visão depende de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) conseguir reanimar a produção e do impacto limitado das sanções dos EUA no Irã, os preços poderiam subir ainda mais, afirma o banco, o primeiro de Wall Street a sugerir um retorno ao patamar de US$ 100.

 

O petróleo subiu e atingiu o maior nível em três anos porque a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de reaplicar sanções ao Irã ameaça restringir um mercado já consumido pela forte demanda, pelos cortes de produção da Opep e pela perda não planejada de oferta na Venezuela, país produtor que enfrenta problemas.

 

“Analisando os próximos 18 meses, esperamos pressão sobre o equilíbrio global entre oferta e demanda de petróleo”, disse Francisco Blanch, chefe de pesquisa de commodities do Bank of America Merrill Lynch em Nova York, em relatório.

 

Outros bancos de Wall Street mantêm perspectivas otimistas para o petróleo, mas nem de perto tão elevadas quanto as do Bank of America.

 

O Goldman Sachs Group prevê que o barril de petróleo Brent subirá para US$ 82,50 nos próximos meses, e afirma que existe uma chance de os preços superarem esse nível, mas também projeta que o petróleo voltará a cair em 2019.

 

Fonte: O Globo


Mais lidas


    A desestatização do Porto de Santos deve ser concluída até o fim de 2022, de acordo com o secretário nacional de Portos e Transportes Aquaviários no Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, durante o III Congresso de Direito Marítimo e Portuário. De acordo com ele, a consulta pública deve ser aberta até o fim […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais