SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Dragagem   /   Sem dragagem, movimento deve cair

Sem dragagem, movimento deve cair


Fonte: A Tribuna (1 de agosto de 2017 )

De acordo com informações do jornal A Tribuna, para o economista Helio Hallite, as projeções feitas para este ano e o início de 2018 podem ser frustradas.

“A recuperação de movimentação no Porto de Santos já era prevista, pois tivemos um 2016 ruim economicamente. Quem está fechando negócio com o País não está preocupado com o calado, pois as mercadorias acabam sendo movimentadas por outros portos”, afirma o economista.

Ele acredita também que a necessidade de desembarque de cargas em outros portos pode fazer com que o cenário seja ainda pior do que o de 2016. “Precisamos resolver de maneira emergencial essa questão da dragagem, pois não é possível sofrermos interrupções neste serviço, que não pode ser judicializado”, diz ele.

O economista refere-se às ações movidas pela Boskalis do Brasil, empresa do consórcio vencedor para realizar as obras de dragagem do cais santista, contra a Codesp. Por conta delas, a Justiça Federal determinou a interrupção do serviço de manutenção no canal do Porto e a suspensão de uma licitação para o serviço.

Possibilidade de recuperação

“Temos tudo para melhorar a movimentação do Porto de Santos no segundo semestre: a safra de milho promete ser boa, temos as importações para Natal e Ano Novo. Mas isso só acontecerá se não tivermos nenhum impeditivo operacional”, analisa o consultor portuário Fabrizio Pierdomenico.

Assim como Hallite, o consultor acredita que esse bom desempenho só deve ocorrer caso a questão da dragagem seja resolvida. “Os contêineres, por exemplo, já têm o impacto da recessão em sua movimentação, mas vêm tentando reagir. O segundo semestre é o mais forte para esse tipo de movimentação de carga. Então, corremos o risco ainda de ter uma ligeira queda neste setor”, pondera.

Procurada para comentar sobre a expectativa de movimentação até o final do ano, a Codesp não retornou até o fechamento desta edição.


Mais lidas


Celebramos hoje (12) o Dia Internacional da Enfermagem, data escolhida em homenagem ao aniversário de Florence Nightingale, considerada a pioneira da enfermagem moderna.   Para quem não sabe, a profissão tem origem milenar e data da época em que ser enfermeiro era uma referência a quem cuidava, protegia e nutria pessoas convalescentes, idosos e deficientes. […]

Leia Mais

Os assistidos pelo Instituto Portus de Seguridade Social, o fundo de pensão dos portuários, obtiveram importante vitória na Justiça. O juiz José Alonso Beltrame Júnior, da 10ª Vara Cível de Santos, concedeu liminar em que determina a suspensão do aumento na contribuição dos participantes da ativa e aposentados.   A ação civil pública foi promovida […]

Leia Mais

Por causa da curvatura da Terra, a distância na qual um navio pode ser visto no horizonte depende da altura do observador.   Para um observador no chão com o nível dos olhos em h = 7 pés (2 m), o horizonte está a uma distância de 5,5 km (3 milhas), cada milha marítima igual a 1.852 […]

Leia Mais