SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Operações   /   Anvisa altera procedimentos após incêndio em posto portuário

Anvisa altera procedimentos após incêndio em posto portuário


Fonte: A Tribuna (26 de julho de 2017 )

Um princípio de incêndio no posto da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em Santos, na última sexta-feira, pode dificultar processos no Porto de Santos. Alguns procedimentos foram alterados até que a situação seja normalizada.

Depois de um curto-circuito em equipamento, no quinto andar do prédio, que fica na Rua Brás Cubas, no Centro, a parte elétrica da sala de equipamentos, o modem de telefonia e o dispositivo que permite a conexão dos computadores à rede foram danificados.

É por meio deste sistema que acontecem as emissões dos certificados de Livre Prática (permissão para uma embarcação operar embarque e desembarque) e do documento Sanitário de Bordo (concedido após inspeção pela autoridade sanitária).

A Anvisa não informa quando a situação deve ser normalizada, mas, até que isso ocorra, o órgão adotou algumas medidas para não suspender os serviços. Para a Livre Prática, a liberação está sendo feita de forma remota.

O protocolo de documentos é realizado na Capital, na Avenida São João, 313, 19º andar, no Centro. A agência também orienta que, quando possível, as empresas devem solicitar o Certificado de Bordo a outros postos da Agência.

E é justamente isso que preocupa o setor, uma vez que nem todos os navios que vem ao Porto de Santos passam por outro complexo brasileiro antes. Questionada sobre como isso deve ocorrer, a Anvisa não respondeu até o fechamento desta edição.

O Sindicato dos Agentes de Navegação do Estado de São Paulo (Sindamar) já alertou os associados das dificuldades que podem ocorrer para as emissões dos certificados.


Mais lidas


View this post on Instagram #Repost @brasilexport Presidente do #SOPESP fala sobre Sudeste Export; garanta já a sua inscrição “Participamos do Sudeste Export pela conectividade dos assuntos estratégicos do setor portuário, envolvendo todos os atores que movimentam os principais portos do país. Tendências tecnológicas, ambientais, legais e previsibilidade de fluxos logísticos são temas cruciais para […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais