SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Mercado   /   Agronegócio ainda beneficia PIB ao longo do ano

Agronegócio ainda beneficia PIB ao longo do ano


Fonte: Valor (24 de maio de 2017 )

De acordo com o site Valor Econômico, o desempenho do setor agropecuário será o principal responsável pelo crescimento esperado para o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre deste ano, devendo isso ficar restrito aos três meses iniciais.

Fatores como o clima e a baixa base de comparação em relação a 2016 continuem dando frutos até dezembro segundo expectativa de analistas, o que  esta fazendo com que a produção agrícola cresça 6%, na pior das estimativas até agora.

O carro-chefe dessa recuperação devem ser os grãos. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que a produção desses itens será 26,2% maior este ano na comparação com 2016, chegando a 233,1 milhões de toneladas.

“No primeiro trimestre, a produção de soja salta aos olhos”, diz Felipe Novaes, analista setorial da Tendências. A expectativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é que a produção cresça 15,4% em relação a 2016.

O milho quem deve puxar o carro, com alta de 40% em relação ao ano passado a partir de meados do segundo trimestre, com ainda mais força no terceiro.

Parte dessa recuperação se deve ao clima. O regime desfavorável de chuvas visto em 2016 gerou quebras de safra, situação oposta em 2017. A alta dos preços também influenciou o crescimento visto.

Os segmentos como a fabricação de máquinas agrícolas, transportes e serviços têm tudo para ser alguns dos mais beneficiados. “Uma safra dessas pode não dinamizar a região metropolitana de São Paulo ou do Rio de Janeiro”, diz Felippe Serigati, professor do MBA em Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas. “Mas, sem dúvida alguma, no interior do país quem carrega o piano é o setor agropecuário.”

As regiões que mais se beneficiarão caso os resultados positivos sejam confirmados serão principalmente o Centro-Oeste e o interior de Estados como o Paraná e Santa Catarina.

 

 


Mais lidas


Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais