SOPESP NOTÍCIAS

Home   /   Mercado   /   China impõe tarifas de importação sobre açúcar e pode prejudicar Brasil

China impõe tarifas de importação sobre açúcar e pode prejudicar Brasil


Fonte: Folha de S. Paulo (23 de maio de 2017 )

De acordo com o site da Folha de S. Paulo, a China anunciou nesta segunda-feira (22) que irá impor pesadas taxas sobre importações de açúcar, após um movimento de usinas domésticas em prol da medida, mas especialistas dizem que a regra pode não ser o suficiente para conter o fluxo do produto barato para o maior importador do mundo.

esta regra que deverá afetar cerca de um terço das importações anuais de açúcar da China, introduz uma tarifa extra para os próximos três anos sobre embarques que o governo disse que “impactam seriamente” a indústria doméstica.

O movimento pode prejudicar importações procedentes dos maiores produtores como Brasil e Tailândia,

Mas operadores dizem que as tarifas maiores devem também impulsionar mais contrabandos nas fronteiras ao Sul da China. O açúcar é um dos poucos setores em que a China luta para competir, dados custos maiores de sua produção por meio de pequenas propriedades. O país produz cerca de 10,5 milhões de açúcar de cana e beterraba ao ano, mas importa outros 3 milhões.

REGRAS

A China atualmente permite 1,94 milhão de toneladas em importações de açúcar com uma tarifa de 15%, como parte de um acordo com a Organização Mundial do Comércio.

Importações além disso têm uma tarifa de 50%. E as regras desta segunda-feira impõem uma tarifa adicional de 45% para essas importações no atual ano fiscal, a tarifa total vai para 95%, uma alíquota que cairá para 90% ano que vem e 85% no ano seguinte.

As medidas também devem elevar a pressão para que Pequim venda mais de suas reservas estatais para evitar que a oferta fique limitada e eleve os preços.

 


Mais lidas


View this post on Instagram #Repost @brasilexport Presidente do #SOPESP fala sobre Sudeste Export; garanta já a sua inscrição “Participamos do Sudeste Export pela conectividade dos assuntos estratégicos do setor portuário, envolvendo todos os atores que movimentam os principais portos do país. Tendências tecnológicas, ambientais, legais e previsibilidade de fluxos logísticos são temas cruciais para […]

Leia Mais

Através de um investimento de 100 milhões de euros, a Tesla irá entregar os dois primeiros navios porta-contêinereselétricos à Holandesa Port-Liner, em Agosto.   Após a entrega, a Tesla entregará ainda mais seis navios com mais de 110 metros de comprimento, com capacidade para 270 contentores, que funcionarão com quatro caixas de bateria que lhes […]

Leia Mais

  O município de Balneário Barra do Sul, no litoral norte de Santa Catarina, poderá ganhar um empreendimento portuário vinculado a um complexo empresarial e de serviços. O empreendimento projetado – por ora é só isso, uma intenção – é denominado “Super porto BBS”. Dizem os investidores potenciais que o negócio poderá ocupar área de […]

Leia Mais